terça-feira, 6 de março de 2012

Deixando pra lá

E nessa ânsia contínua por contrariar,
decidiu despir-se da sapatilha de ponta.


              Única alternativa pra se livrar da cobrança
              Cobrança de ser a melhor do corpo de baile

              Há sempre o dia em que a bailarina se desequilibra
              Pois não há um que consiga
              levar toda sua vida
              equilibrada no meio-fio.

E nessa ânsia contínua por contrariar,
contraiu o talento
achou-se no direito de errar.
                

        
              

20 comentários:

  1. Todos erram, até a primeira bailarina. Não há vergonha nisso.
    Um grande bj

    ResponderExcluir
  2. errar é só uma nova maneira de ver o correto.

    ResponderExcluir
  3. Equilíbrio é requerido. Mas nem sempre se pdoe acertar, conseguir. Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. O incompleto é tão mais bonito...espontâneo.Beijos

    ResponderExcluir
  5. muito bom! belo texto! eu escrevi um conto, tá lá no meu blog, está com dois finais.. gostaria da sua opnião... http://pensamentosdovacuo.blogspot.com/2012/03/problemas-dos-outros.html .. bjo

    ResponderExcluir
  6. E errar é humano e faz parte de toda perfeição.
    Lindo o texto e de uma delicadeza sem palavras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. E eu espero que a vida continue assim, pois só querendo acertar é que se consegue, errar é só consequencia de tentar...

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Elisa, primeira vez aqui e parece que o texto foi feito para mim!

    Lindo!

    beijos

    ResponderExcluir
  9. É bom ter desafios, olhar pra algo e se propor a vencê-lo. Entretanto, sou a favor do direito de errar, de não ser perfeito, de sair da linha de vez em quando por uma causa nobre; só pra se sentir livre, pra se sentir vivo.


    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Elisa
    O erro é simplesmente a vida querendo lhe passar uma nova lição, lhe dando uma nova oportunidade de acerto. Recomeçar após uma falha é a melhor maneira de descobrir teu limites, tua resistência e tua audácia em nunca desistir.
    --
    *PS.: Desculpe o tempo que estou ausente, geralmente venho a internet para fazer trabalhos em seguida vou para essa minha rotina corriqueira! Ainda não tenho novos post's, quando tiver lhe aviso.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Elisa

    Passo por aqui exclusivamente para lhe apresentar o Ostra da Poesia, este blog criado pela blogueira Lindalva visa somente a integração entre blog poéticos desta imensa blogosfera. O Ostra, sempre realiza um pequeno concurso interno nomeado como "Pena de Ouro" onde oito poesias ficam concorrendo a um selinho que o blog oferece como honra ao mérito. Enfim chegamos na sexta edição do concurso e consegui fazer minha inscrição estando entre os oitos primeiros selecionados na primeira fase do concurso. Passou por aqui, não para te pedir um voto! Gosto de competir, mas de forma justa e igualitária... Venho aqui lhe cedendo o link de acesso a página para que possa ler as poesias concorrentes e votar na que mais lhe agradar. Apresento abaixo dois links de acesso ao Ostra, o primeiro te leva diretamente a página do Ostra da Poesia que te ensina como votar no concurso aberto e ainda como poderá participar em uma edição futura. O segundo link te leva diretamente a página do concurso, para votar é simples: você deve ler as poesias, em seguida clicar em comentar e no comentário você escreve a poesia que na sua opinião merecia a premiação e deixe o link do seu blog para que a moderadora do Ostra possa passar a interagir com você.
    1- http://ostra-da-poesia.blogspot.com/
    2- http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/

    * Conto com sua participação! Abraços, as votações encerram no próximo dia 12. Até mais =)

    ResponderExcluir
  12. Erra é normal. Que lindo aqui, estou te seguindo.

    http://iasmincruz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Essa imagem lembra sempre leveza, beleza e todas as possibilidades que nem se imagina.

    Beijo beijo.

    ResponderExcluir
  14. Tens um bom sentido de criatividade, o que me atraiu (uma espécie de sedução literária)
    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Nem sempre temos equilíbrio.
    Lindo, talentosa poetisa
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Realmente, num da pra ficar sem errar, eventualmente vai acontecer, e quando acontecer, relaxa ergue a cabeça e segue em frente. É o melhor a fazer.
    bjuss

    ResponderExcluir
  17. ...até porque é preciso dar uma chance para o improviso, saindo um pouco da rigidez e da rotina mecânica para ser a primeira do baile.

    Deixa o talento fluir! :)

    ( e isso tem aí de sobra!)

    bjs

    ResponderExcluir